Notícias

Hugo Boss se reestrutura e volta a crescer no Brasil

Agencia Estado

Hugo Boss se reestrutura e volta a crescer no Brasil | 26.12.2007 | 09h00
PublicidadePor AEAgência Estado Cinco anos depois de passar por uma completa reestruturação, que incluiu fechamento de lojas e deixou como herança alguns processos judiciais de ex-franqueados, a sofisticada marca alemã Hugo Boss começa a se reerguer no Brasil. Segundo o diretor-geral da Hugo Boss para a América Latina, o dinamarquês Jacob Bjerregaard, a grife de roupas masculinas cresceu a taxas de 30% nos últimos dois anos no País. No próximo ano, prevê a abertura de três lojas - em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília - e outras dez até 2010. "Em dois anos, o Brasil deverá representar 25% do mercado da América Latina. Hoje, responde por 15%”, diz Bjerregaard. Boa parte desse desempenho se baseia no crescimento do mercado de luxo no País, de 35% em 2006, segundo a consultoria Bain & Company. Mas não só. Segundo o executivo, a expansão foi possível graças à mudança do modelo de negócios da empresa. Em 2002, a Hugo Boss abandonou o sistema de franquias e passou a ser controlada totalmente pela matriz. A marca, que já esteve espalhada pelo Brasil em mais de 20 lojas em nove diferentes cidades, atualmente é encontrada apenas em dois pontos-de-venda em São Paulo - no Shopping Iguatemi e na Daslu. A empresa não revela o porcentual das vendas brasileiras no faturamento global, nem o resultado financeiro das operações por aqui. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


:: Voltar
av. senador casemiro da rocha, 609 cj 51 • saúde • cep 04047-001 • são paulo • sp
fone: +55.11.2276.0048 | 11.2577.1115 | 11.4562.1116 | (oi dub): 11.96656-0048