Notícias

Está mais difícil vender no Brasil, diz CEO da Avon.




Sheri McCoy: “Nosso objetivo para os próximos quatro anos é crescer perto de 10%"

Desde 2010, as operações globais da Avon têm passado por maus momentos e no Brasil não tem sido diferente. A empresa americana perdeu mercado por aqui e em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, desta segunda-feira, Sheri McCoy, presidente mundial da empresa, afirmou que a recuperação no país não será imediata.

“Os problemas de serviço comprometeram nossa posição. Também fomos prejudicados pelo fato de que, em alguns casos, nosso produto não estava em linha com o desejo do consumidor brasileiro”, disse a executiva ao Estadão.

Ainda segundo Sheri, está mais difícil vender no mercado brasileiro. Por isso, a companhia vai investir nos setores os quais têm força "Maquiagem, fragrâncias e cuidados com a pele”, afirmou. “Nosso objetivo para os próximos quatro anos é crescer perto de 10%”.

A operação brasileira é a maior da Avon, e não é por acaso: o país é o terceiro maior mercado global em produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos. O setor cresceu 87% desde 2007 e atingiu um faturamento de 42 bilhões de dólares no ano passado.

Fonte: exame.abril.com.br

Últimas Notícias:
• Setor de franquias quer democratizar para a classe C.
• Consultoria financeira para empresas lança franquias.
• Franquias: comunicação franqueador e franqueado.
• 10 questões que vão melhorar seus resultados em qualquer área.



:: Voltar
av. senador casemiro da rocha, 609 cj 51 • saúde • cep 04047-001 • são paulo • sp
fone: +55.11.2276.0048 | 11.2577.1115 | 11.4562.1116 | (oi dub): 11.96656-0048