Notícias

Franquias levam Oi à Justiça em São Paulo

03 de Julho de 2009 | 10:00

São Paulo - Nove meses depois de estrear no mercado de São Paulo, a Oi é alvo de uma disputa Judicial com franqueados que expõe as dificuldades enfrentadas pela operadora no mercado paulista. Na semana passada, 12 dos 19 franqueados no Estado da Oi Negócios, loja voltada para o mercado corporativo, obtiveram três liminares no Tribunal de Justiça de São Paulo para impedir a Oi de quebrar a regra de exclusividade territorial. Duas das liminares obrigam também a operadora a restaurar a política de remuneração prevista em contrato. A multa diária para o descumprimento de cada determinação é de R$ 10 mil.

Os franqueados alegam que investiram cerca de R$ 1 milhão para montar os escritórios dentro das especificações exigidas pela Oi e que, pelo plano de negócios apresentado pela operadora, eles começariam a ter retorno depois de 18 meses - cenário que, na visão dos franqueados, parece mais distante a cada dia. Em média, os franqueados dizem ter prejuízo mensal de R$ 40 mil a R$ 60 mil.

Atrasos na implementação da rede e a forte demanda - entre outubro de 2008 e maio deste ano, a operadora habilitou 3,3 milhões de linhas, ou 8,3% da base de usuários do Estado, de acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) - geraram problemas de falta de cobertura e congestionamento. Além disso, segundo analistas do setor, a empresa precisa melhorar a rentabilidade dessa base de usuários, que realizam gastos abaixo da média da concorrência. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



:: Voltar
av. senador casemiro da rocha, 609 cj 51 • saúde • cep 04047-001 • são paulo • sp
fone: +55.11.2276.0048 | 11.2577.1115 | 11.4562.1116 | (oi dub): 11.96656-0048