Notícias

Uma boa opção para começar.




Setor de franchising prevê crescimento de 15% para 2012 e mostra que para ter sucesso é preciso conhecimento.

Abrir um negócio do zero já com um nome consolidado é uma boa oportunidade para quem tem dinheiro disponível. Segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), o sistema registrou um faturamento de R$ 86 bilhões em 2011 e tem previsão de crescimento de 15% para 2012.

Antes de se arriscar no mundo da franquia é preciso avaliar o próprio perfil pessoal, profissional, financeiro e comporta - mental, além de pesquisar a aceitação da marca.

O empreendedor também deve levar em conta os custos que terá com a instalação de móveis e equipamentos, taxa de royalties (uso da marca), taxa de propaganda, se houver, e dispor de um capital de giro para iniciar o negócio. Segundo o Gustavo Carrer, consultor do Sebrae-SP, o primeiro fator que uma pessoa interessada no ramo deve pensar é nos trâmites colocados pela empresa detentora da franquia.

"A pessoa que deseja abrir uma franquia passará por uma qualificação que avaliará sua disponibilidade, capacidade financeira e também empresarial" , disse. Isso se deve ao fato de empresas franqueadoras já terem regras, identidade e, até mesmo, locais na cidade previamente estabelecidos para aqueles que desejam franquiar-se a uma marca.

O faturamento do setor deve chegar, até o fim do ano, no valor de RS 86 bilhões. Outro cuidado essencial para alguém que esteja querendo abrir ou comprar uma franquia é a presença de um advogado durante o processo. "A pessoa que compra uma franquia compra um passado da empresa. Os clientes, a relação com os fornecedores, lucros e possíveis dividendos", afirma o consultor.

Antônio Carlos Nasraui é um exemplo desta sucessão empresarial. Diretor comercial e de marketing da empresa Rei do Mate, criada em 1978 por seu pai, Kalil Nasraui o responsável pela expansão da empresa já conta com 300 lojas franqueadas presentes em 17 estados. A franquia, que foi iniciada em 1992, abriu as portas para este tipo de negócio. Segundo Antônio Carlos, o ramo de franchising fez a empresa crescer tanto que agora a meta é outra. "Queremos surpreender o cliente, estar onde ele não espera encontrar o Rei do Mate", disse.

Fonte: ABF (Associação Brasileira de Franquias): www.portaldofranchising.com.br

Últimas Notícias:
• Shoppings capricham nos prêmios natalinos.
• Métricas de Desempenho e Performance.
• 10 franquias que faturam alto com o calor.
• Onde pesquisar sobre franquias?



:: Voltar
av. senador casemiro da rocha, 609 cj 51 • saúde • cep 04047-001 • são paulo • sp
fone: +55.11.2276.0048 | 11.2577.1115 | 11.4562.1116 | (oi dub): 11.96656-0048