Notícias

Redes de vestuário investem em novos formatos de loja.


As redes de varejo de vestuário vem aperfeiçoando seus formatos no País, apostando em lojas menores e segmentadas por perfil de consumidores.

A busca por redução de custos com abertura de lojas, a dificuldade em encontrar grandes áreas de vendas nas maiores cidades do País e também em atender às exigências dos consumidores, que com mais renda buscam peças com mais elementos de moda são as motivações para tais mudanças.

Um desses exemplos é o da Marisa. Além de seu formato tradicional, com produtos para toda a família, a rede lançou um formato exclusivo para o público feminino e outro dedicado à comercialização de lingerie.

No caso da Renner, a empresa passou a investir nas lojas compactas, com áreas até 50% inferiores ao modelo tradicional. A empresa projeta que até metade das 30 novas lojas programadas neste ano sejam compactas. A Renner testa ainda dois pilotos de lojas segmentadas. Um deles é voltado à comercialização da marca própria Blue Steel, focada no público jovem, que deverá contar com três unidades inauguradas este ano. O outro é de lojas específicas para o público feminino, com área de vendas semelhante às compactas e um mix de perfumaria, acessórios, calçados, lingerie e vestuário feminino.

A Cia. Hering, que nos últimos anos deixou de lado a produção de linhas de roupas básicas, em razão da sofisticação e procura por novidades, lançamentos e moda por parte dos consumidores, também testa dois novos formatos: o Hering Kids, voltado ao público infantil, que deverá encerrar o ano com quatro unidades; e o da marca Dzarm, focado no adolescente das classes A e B, que segue em teste até o fim do ano e pode transformar se em rede.

A Riachuelo, ainda de acordo com o jornal, anunciou a criação de um novo formato de lojas, dedicado exclusivamente ao público feminino, com áreas menores de venda e departamentos de vestuário, calçados, lingerie e acessórios.

A C&A aposta em ambientes personalizados nas lojas Rede diz que não pretende investir em novos formatos, mas trabalha na mudança do layout das unidades. Maior rede de vestuário do País em número de lojas, a C&A aposta na reforrnulação de suas unidades, com uma nova disposição das coleções e ambientes especializados e personalizados para as áreas de venda de jeans, sapatos e acessórios femininos. Este ano, a rede completará a reinauguração de 30lojas dentro desse novo conceito.

Fonte: O Estado de S. Paulo - Data: 10/09/2011

Veja Mais:
• Varejo resiste em tempos de crise.
• Unidade de rua ou de shopping?
• Varejo resiste em tempos de crise.
• Perfil de empreendedor é chave na escolha da franquia.



:: Voltar
av. senador casemiro da rocha, 609 cj 51 • saúde • cep 04047-001 • são paulo • sp
fone: +55.11.2276.0048 | 11.2577.1115 | 11.4562.1116 | (oi dub): 11.96656-0048