Notícias

Escolas investem R$1 milhão de reais este ano.

Microcamp investe R$ 1 milhão para fisgar consumidor na web.


Com três meses de duração, campanha registra retorno de R$ 43 para cada R$ 1 investido

A rede de ensino profissionalizante e de informática Microcamp investiu mais de R$ 1 milhão em uma estratégia de mídia digital para atrair novos clientes. Entre as ações contempladas na estratégia estão a criação de blogs alimentados por professores, vídeos com casos de sucesso e, principalmente, o investimento em publicidade online.

Quase metade da verba foi destinada à aquisição de links patrocinados e anúncios na rede de sites parceiros do Google.

Com esta estratégia, a rede conseguiu atrair mais de 40 mil visitantes ao seu site no prazo de três meses, sendo que destas 20% se converteram em matrículas na rede. “Monitoramos a classe C, que é nosso público alvo, e notamos que a sua presença no mundo digital vinha crescendo, que o nosso público estava mais disposto a se relacionar por este canal”, conta o gerente de marketing da Microcamp, Bruno Nogueira Pinheiro.

Segundo o executivo, a rede teve um retorno de R$ 43 para cada R$ 1 investido na campanha, que envolve uma equipe de mais de 100 pessoas. O número de cadastros mensais no site subiu de 1,3mil para 13 mi. “Uma grande vantagem da mídia digital é a possibilidade de medir o retorno com precisão”, destaca Pinheiro.

A rede Microcamp possui mais de 150 unidades no país, com cerca de 120 mil alunos matriculados.


Já a rede Fisk investe R$ 1 milhão para dar nova cara a escolas.


O uso de painéis luminosos de LED, deverão ser adotados por 15% da rede até meados de 2012

A Fisk investiu R$ 1 milhão para reformular o visual das escolas da rede. O novo projeto já foi adotado em 31 unidades próprias e agora será levado às franquias da marca.

A principal novidade é o uso de painéis luminosos de LED, que deverão ser adotados por 15% das mais de mil escolas da rede até meados de 2012. “É uma maneira diferente de atrair a atenção do público, apelando também para a sustentabilidade”, diz Fernanda Nasser, coordenadora do departamento de arquitetura da Fisk.

Apesar do investimento inicial, que começa em R$ 4 mil, as unidades franqueadas devem se beneficiar com a economia de energia no longo prazo, segundo a arquiteta. Com faturamento de R$ 700 milhões em 2010, a Fisk pretende crescer 20% em receita neste ano. Presente no mercado brasileiro há mais de 50 anos, a rede já possui operações na Argentina, Angola, Bolívia, Estados Unidos, Japão e Paraguai. O investimento para abrir uma unidade da rede é a partir de R$ 50 mil.

Fonte: Daniela Moreira, de Exame.com




:: Voltar
av. senador casemiro da rocha, 609 cj 51 • saúde • cep 04047-001 • são paulo • sp
fone: +55.11.2276.0048 | 11.2577.1115 | 11.4562.1116 | (oi dub): 11.96656-0048